Voltar à primeira página

Data: 23 de novembro
Hora: 21.30h
Companhia: Peripécia Teatro
Duração Aproximada: 55 min.
Classificação etária: M/14

Sinopse
O espectáculo “Pó” aborda a temática da desertificação do interior português.

Inspira-se no pó. Acumulado nas pedras das casas. Nas telhas de telhados no chão. Inspira-se nos testemunhos, impressões e canções recolhidos na Serra da Padrela, no pó do interior norte. No pó de uma serra “que não existe”, nas palavras dos próprios habitantes da serra. Inspira-se no pó que caiu sobre as promessas que ficaram dentro das gavetas dos presidentes, ministros e deputados. Respira o pó que corrói as vias dos comboios invisíveis. Inspira-se no pó do ar envenenado que exalam os personagens da novela “Pedro Páramo” de Juan Rulfo.

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA
Direção e Dramaturgia: Sérgio Agostinho e Noelia Domínguez
Interpretação: Sónia Botelho e Vitor Hugo Ribeiro (Música ao vivo)
Espaço Cénico: Peripécia Teatro e Taveira Durão
Iluminação e som: Nuno Tomás
Produção Executiva: Sara Casal
Uma produção do selo PeriPlus – Viagens Criativas de Peripécia Teatro

 
Menu » Festival de Teatro
Notícias » Festival de Teatro
Certificado: n.o 2007/GEP 2970
Certificado: nº 2007/GEP 2970
DIRECÇÃO-GERAL DO EMPREGO E DAS RELAÇÕES DE TRABALHO
Instituto do Emprego e Formação Profissional
Autoridade para as Condições do Trabalho
Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres