Voltar à primeira página

Prémio Manuel António da Mota

Contos Exemplares ou nem tanto…

Adaptação livre de Max Aub

3 de dezembro de 2012
Um grupo formada essencialmente por mulheres entre os 79 anos e os 88 anos, parte delas sem nunca ter frequentado a escola primária, realiza mais um espectáculo da peça que estrearam na ATC em Joane no final de Outubro de 2012.

A partir de um original de Max Aub a peça conta-nos a história de um grupo de prisioneiras que preferem a prisão onde vive e convive à liberdade na sociedade que o esqueceu.
Emocionante a força comunicacional destas mulheres que nos mostram a vontade de viver e como a arte dramática não tem limite de idade.

Esta peça com a qual se pretende realizar um mínimo de 30 representações, (já fizeram seis) integra um projecto da ATC relacionado com o envelhecimento activo e a solidariedade intergeracional que inclui a publicação de um livro com histórias de vida de utentes da Casa de Giestais (Centro Dia e Residência de Idosos) da ATC. Com este projecto a ATC concorreu ao prémio da Fundação António Manuel da Mota.



Mais informações – 917699301

Adicionar comentário

Receba as nossas novidades
Publicações Recentes
Inscrição no Caminho Inglês

2018-02-15 15:52:07

Programa do Caminho Inglês

2018-02-15 15:52:07

Guia Caminho Inglês

2018-02-15 15:52:07

política

2018-02-09 01:17:50

Guia do Caminho de Roma

2016-11-14 13:14:37

Últimas Notícias
Certificado: n.o 2007/GEP 2970
Certificado: nº 2007/GEP 2970
DIRECÇÃO-GERAL DO EMPREGO E DAS RELAÇÕES DE TRABALHO
Instituto do Emprego e Formação Profissional
Autoridade para as Condições do Trabalho
Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres